Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Estudantes da Uergs recebem Prêmio Destaque no 4º Desafio Microrrevoluções Urbanas

Publicação:

Estudantes apresentaram soluções para a segurança e mobilidade de idosos e motociclistas.
Estudantes apresentaram soluções para a segurança e mobilidade de idosos e motociclistas. - Foto: Gustavo Roth/EPTC PMPA

Estudantes de Administração Pública da Uergs em Porto Alegre receberam o prêmio de Projeto Destaque no 4º Desafio Microrrevoluções Urbanas, promovido pela Prefeitura Municipal de Porto Alegre por meio da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC). A premiação ocorreu nesta segunda-feira (02), no auditório do Departamento Municipal de Habitação.

O trabalho premiado foi desenvolvido pelos estudantes Alexandre Heckler, Danielle Souza, Luigi De Facci, Paulo Roberto da Silva, Raul Poncer e Thales Cardoso durante o componente curricular sobre Marketing no Setor Público, ministrado pela professora Caroline Duschitz.

Os estudantes foram desafiados a apresentar soluções para a maior segurança dos pedestres idosos e dos motociclistas no trânsito da Capital. Além da Uergs, participaram estudantes dos cursos de Sistemas de Informação (PUCRS), Engenharia Civil (UFRGS), Enfermagem (Factum), e Filosofia (Unip).

A técnica de trânsito e transporte da EPTC, Simone Caberlon, que integrou a comissão julgadora dos trabalhos, afirmou que o artigo dos estudantes da Uergs estava muito bem fundamentado, apresentando dados estatísticos e bibliográficos, objetivando a redução da acidentalidade com o pedestre idoso pela proposição de campanhas de conscientização e um conjunto de soluções técnicas.  Entre as soluções propostas estão o uso de sinalização sonora e visual junto às travessias de pedestre e às paradas de ônibus para alertar os pedestres sobre os riscos que correm nesses locais, além do uso de mecanismos redutores de velocidade e de sinalização específica sobre a presença de idosos para alertar os motoristas.

“Assim, propõe o envolvimento simultâneo dos dois principais públicos inseridos em acidentes de trânsito, o pedestre idoso e os condutores de veículos, atuando na sua conscientização e na sua mudança de comportamento através de práticas preventivas”.

Por: Daiane de Carvalho Madruga

Com informações da Prefeitura Municipal de Porto Alegre

 

UERGS - Universidade Estadual do Rio Grande do Sul