Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Uergs em Três Passos promove formação sobre alimentação saudável para estudantes do Magistério

Publicação:

As atividades serão realizadas no Instituto de Educação Érico Veríssimo.
As atividades serão realizadas no Instituto de Educação Érico Veríssimo.

De acordo com o Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea), todo brasileiro tem direito a uma alimentação saudável, acessível, de qualidade, em quantidade suficiente e de modo permanente. Contudo, com o crescimento das alternativas alimentares oferecidas pela sociedade moderna, promover e incentivar uma alimentação saudável, baseada especialmente em alimentos naturais, esbarra no grande consumo de alimentos com excesso de açúcares, sódio, gorduras e dos populares fast-food. Nesse cenário, a Unidade da Uergs em Três Passos promove a formação “Alimentação: tempero da vida”, que vai preparar estudantes do magistério - através de palestras, oficinas e atividades práticas - para a promoção e o incentivo à uma alimentação saudável.

 As atividades, desenvolvidas por professores da Uergs, são realizadas no Instituto de Educação Érico Veríssimo com alunos do 1º, 2º e 3º do magistério até o final do segundo semestre de 2018.

 “Considerando que estes jovens serão os educadores do futuro espera-se contribuir com a formação de hábitos alimentares mais saudáveis na formação das crianças e jovens”, diz a professora Fernanda Weber, coordenadora da ação.

 Além de preparar os futuros docentes para um trabalho mais eficaz a duradouro com a temática da alimentação saudável, a formação visa promover a integração cultural entre a professores, estudantes, escola e família, levando em conta que a alimentação é um processo biológico, mas também social.

 A professora Fernanda Weber relembra também que o trabalho com as crianças é importante pois elas são peça fundamental quando se pensa em alimentação, por estarem no centro das atenções, tanto ao se falar em alimentação saudável, quanto ao se falar em alimentos ultraprocessados. “Crianças e jovens se constituem no público-alvo da publicidade de alimentos por exercerem influência na hora e também porque estão formando hábitos de consumo que poderão prolongar-se pelo resto de suas vidas”, acrescenta.

UERGS - Universidade Estadual do Rio Grande do Sul